Carinho
Cuidado & Atenção

Nossa marca é resultado de um trabalho de paciência, cuidado e dedicação. Somos uma instituição de longa permanência para idosos de Porto Alegre, que nasceu em 2013 com o objetivo de proporcionar o conforto e o atendimento ideal para pessoas da terceira idade, zelando pela manutenção da autonomia e da independência funcional de nossos hóspedes.

Cada fase da vida tem as suas alegrias e seus desafios, e nós acreditamos que a beleza de viver é compreender esse processo que nos coloca em constante transformação.

Em nossas sedes no bairro Bela Vista, oferecemos um ambiente aconchegante e dedicamos o nosso carinho, cuidado especializado e atenção para manter ativa a vida dos nossos hóspedes. A localização, a estrutura das casas e a equipe médica, garantem um alto padrão para pessoas que valorizam o requinte das coisas boas da vida.

Independência

Foco na manutenção da autonomia, prevenindo agravos que aumentem o grau de dependência.

Conforto

Criação de um ambiente familiar, buscando cuidado e carinho para os idosos que valorizam o seu bem-estar.

Competência médica

Enfoque no trabalho em equipe e na experiência dos profissionais.

Saiba mais

Quer saber mais?

Saiba mais sobre o Residencial Monte Castello,
clique no botão e confira nossa apresentação em PDF.

Dr. José Nicoletti Filho РIdealizador

porto alegre lar de idosos
Como M√©dico de Fam√≠lia aprendi a cuidar das pessoas de uma forma abrangente, considerando especialmente o papel delas dentro de suas fam√≠lias. Ao zelar pela vida dos pacientes desde a gesta√ß√£o, passando pela primeira inf√Ęncia, adolesc√™ncia at√© a vida adulta, sempre tive fasc√≠nio pelo processo de envelhecimento e suas caracter√≠sticas t√£o peculiares. Eis a motiva√ß√£o para me especializar em Geriatria.
Passei ent√£o a trabalhar com aten√ß√£o domiciliar e percebi que nossa sociedade vive um r√°pido processo de transforma√ß√£o. A faixa da popula√ß√£o que mais cresce no Brasil √© aquela acima de 60 anos, no entanto, proporcionalmente poucos profissionais se dedicam a cuidar das pessoas nesse grupo et√°rio. Porto Alegre √© a capital brasileira que concentra n√£o apenas o maior n√ļmero de idosos, mas tamb√©m a maior popula√ß√£o de longevos, que s√£o as pessoas que j√° passaram dos 80 anos.
O Residencial Monte Castello surgiu como uma alternativa diferenciada para essas fam√≠lias que buscam um cuidado humanizado para aqueles que tanto amam e respeitam. Al√©m de tratar nossos h√≥spedes com proximidade e carinho, procuro sempre me valer do conhecimento cient√≠fico mais atual em cada uma das diferentes √°reas da sa√ļde, atuando de forma integrada com a enfermagem, a nutri√ß√£o, a fisioterapia e a terapia ocupacional.
A metodologia de trabalho da nossa equipe envolve a máxima atenção aos detalhes, cuidando, estimulando a autonomia, promovendo a reabilitação e aliviando o sofrimento.

Nossa equipe

A equipe assistencial do Residencial Monte Castello √© formada por profissionais de diversas √°reas da sa√ļde que trabalham de forma integrada, entre eles: o m√©dico, nossas enfermeiras que supervisionam o trabalho dos t√©cnicos de enfermagem e cuidadores, fisioterapeutas, nutricionista e terapeuta ocupacional.

Vanessa Chiaradia

Nutricionista

Sou nutricionista assistencial do Hospital Moinhos de Vento e mestre em Ci√™ncias Cardiovasculares pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. P√≥s-graduada em Pesquisa Cl√≠nica pelo Instituto de Educa√ß√£o e Pesquisa do Hospital Moinhos de Vento e professora da Faculdade de Tecnologia em Sa√ļde, na disciplina ‚ÄúGest√£o do processo de nutri√ß√£o‚ÄĚ.

A nutri√ß√£o adequada √© muito importante para sa√ļde e qualidade de vida. No Residencial Monte Castello existe a preocupa√ß√£o em oferecer uma alimenta√ß√£o equilibrada e que remeta √† alimenta√ß√£o caseira, trazendo conforto e bem-estar para o residente.

Nosso objetivo √© oferecer um alimento saboroso e adequado √†s necessidades nutricionais dos idosos. Sempre com a preocupa√ß√£o de seguir as normas de boas pr√°ticas de produ√ß√£o e manipula√ß√£o de alimentos. A vigil√Ęncia nutricional tamb√©m est√° presente no cotidiano do residencial. Todos os h√≥spedes s√£o triados em rela√ß√£o ao risco nutricional e, se o mesmo for identificado, medidas de preven√ß√£o e restabelecimento s√£o tomadas.

Katharine Henz

Fisioterapeuta

Sou graduada pelo Centro Universit√°rio Metodista do IPA, com p√≥s gradua√ß√£o em Aten√ß√£o √† Sa√ļde do Idoso pelo GHC, curso de aperfei√ßoamento profissional em Fisioterapia Geri√°trica e especializa√ß√£o e aperfei√ßoamento profissional – √™nfase Adulto Cr√≠tico pelo Hospital de Cl√≠nicas de Porto Alegre. No Residencial Monte Castello os atendimentos de fisioterapia t√™m como objetivo a preven√ß√£o, reabilita√ß√£o e manuten√ß√£o das funcionalidades; promovendo qualidade de vida e aproximando o h√≥spede da supera√ß√£o de limita√ß√Ķes advindas do envelhecimento.

O acompanhamento fisioterapêutico se dá em todos os níveis de dependência e funcionalidade. A atuação tem foco no atendimento individual, proporcionando conforto e acolhimento para realização das atividades.

S√£o realizadas tamb√©m atividades multidisciplinares em conjunto com enfermagem, nutri√ß√£o e terapia ocupacional, al√©m de jogos e din√Ęmicas, sempre com intuito de promover a socializa√ß√£o e desenvolver capacidades f√≠sicas. A proposta √© uma atua√ß√£o humana e especializada no atendimento geri√°trico, priorizando a independ√™ncia funcional sempre que poss√≠vel, contribuindo para o envelhecimento ativo.

Daniela Chaves Dadda

Terapia Ocupacional

Fiz minha gradua√ß√£o em Terapia Ocupacional na Faculdade de Ci√™ncias da Sa√ļde do Instituto Metodista de Porto Alegre ‚Äď IPA. Trabalhei na LBA, onde fazia parte de uma equipe multidisciplinar respons√°vel pelo treinamento e orienta√ß√£o das atendentes das creches conveniadas. Atuei na √°rea de reumatologia, orientando e confeccionando √≥rteses para membros superiores.

Fui terapeuta ocupacional do Hospital Psiqui√°trico S√£o Pedro, atuando na √°rea da psiquiatria, e do Hospital da Crian√ßa Santo Ant√īnio, onde tive a oportunidade de trabalhar com crian√ßas e seus familiares. Em 2013, comecei a trabalhar na √°rea de geriatria, fazendo atendimentos domiciliares.

Aqui, no Residencial Monte Castello, procuramos ter um olhar individualizado para cada h√≥spede, proporcionando a eles o m√°ximo de autonomia poss√≠vel nas tarefas di√°rias, est√≠mulo √†s fun√ß√Ķes cognitivas e socializa√ß√£o. Para isso, usamos como recurso terap√™utico diversas atividades, jogos, pintura, culin√°ria, jardinagem, passeios. Nosso objetivo √© mostrar ao idoso que o mundo continua povoado de finalidades e que manter-se ‚Äúconectado‚ÄĚ pode ser uma forma de sentir-se √ļtil, afastando o t√©dio e o des√Ęnimo.

Cristine Joana Araujo Voelcker

Enfermeira

Sou graduada em Enfermagem pela PUCRS em 2005 e pós-graduada em Melhores Práticas Assistenciais pelo Hospital Moinhos de Vento em 2010.

O ato de cuidar é a essência do enfermeiro. No Residencial Monte Castello procuramos ofertar o melhor cuidado possível, para que os nossos hóspedes possam continuar sua caminhada tendo como prioridade a qualidade de vida e sendo assistidos de forma integral e plena.

Lela ‚Äď Maria Leal Medina, aos 80 anos

Morava sozinha, com cuidadoras 24 horas. Como j√° n√£o estava funcionando mais assim, minha filha come√ßou a olhar casas geri√°tricas, da zona sul √† zona norte. Procurava uma casa confort√°vel que tivesse atendimento profissional especializado.¬†Vim para fazer uma experi√™ncia de uma semana. Fui muito bem acolhida e, aos poucos, me vi envolvida por pessoas carinhosas, que entendiam o que eu estava sentindo, o que ajudou em minha adapta√ß√£o.¬†Tive oportunidade de dizer para a equipe os ‚Äúmeus gostos‚ÄĚ, o que gostava de comer, como gostava de me vestir... Recebi muito apoio, sempre vinham perguntar como eu estava!

Aqui nada √© for√ßado a fazer, tudo √© explicado e a gente tem tempo para se adaptar √† rotina. A administra√ß√£o da casa est√° sempre preocupada em atender nossas necessidades prontamente. Se temos vontade de comer algo diferente, √© s√≥ pedir que logo somos atendidos.¬†Aqui temos oportunidade de vivenciar momentos alegres como apresenta√ß√Ķes de tango, cinema com pipoca, recitais de piano, piqueniques, momentos de culin√°ria...¬†√Č como se fosse uma grande fam√≠lia!

Atividade para idosos Porto Alegre

Lela ‚Äď Maria Leal Medina, 80 anos

teste
2018-11-23T12:21:48-03:00

Lela ‚Äď Maria Leal Medina, 80 anos

Atividade para idosos Porto Alegre
Morava sozinha, com cuidadoras 24 horas. Como j√° n√£o estava funcionando mais assim, minha filha come√ßou a olhar casas geri√°tricas, da zona sul √† zona norte. Procurava uma casa confort√°vel que tivesse atendimento profissional especializado.¬†Vim para fazer uma experi√™ncia de uma semana. Fui muito bem acolhida e, aos poucos, me vi envolvida por pessoas carinhosas, que entendiam o que eu estava sentindo, o que ajudou em minha adapta√ß√£o.¬†Tive oportunidade de dizer para a equipe os ‚Äúmeus gostos‚ÄĚ, o que gostava de comer, como gostava de me vestir... Recebi muito apoio, sempre vinham perguntar como eu estava! Aqui nada √© for√ßado a fazer, tudo √© explicado e a gente tem tempo para se adaptar √† rotina. A administra√ß√£o da casa est√° sempre preocupada em atender nossas necessidades prontamente. Se temos vontade de comer algo diferente, √© s√≥ pedir que logo somos atendidos.¬†Aqui temos oportunidade de vivenciar momentos alegres como apresenta√ß√Ķes de tango, cinema com pipoca, recitais de piano, piqueniques, momentos de culin√°ria...¬†√Č como se fosse uma grande fam√≠lia!

Stela Gazzaneo, aos 75 anos

Um tratamento quimioter√°pico ap√≥s um linfoma havia aniquilado minha resist√™ncia f√≠sica e psicol√≥gica quando, em maio de 2014, cheguei ao Residencial. Foi l√° que encontrei a compet√™ncia e o carinho que devolveram minha sa√ļde.¬†Hoje, seguindo minha vida, vejo na equipe do Monte Castello um grupo de amigos queridos, que muito fizeram por mim.

Lar de idosos RS

Stela Gazzaneo, 75 anos

teste
2018-11-23T12:19:34-03:00

Stela Gazzaneo, 75 anos

Lar de idosos RS
Um tratamento quimioter√°pico ap√≥s um linfoma havia aniquilado minha resist√™ncia f√≠sica e psicol√≥gica quando, em maio de 2014, cheguei ao Residencial. Foi l√° que encontrei a compet√™ncia e o carinho que devolveram minha sa√ļde.¬†Hoje, seguindo minha vida, vejo na equipe do Monte Castello um grupo de amigos queridos, que muito fizeram por mim.

Teresa Kelbert, filha de nosso ex-hóspede, Prof. Dr. Isaac Kelbert (in memoriam)

Gentileza, amor e conforto foi o que me motivou na escolha para o lar do Isaac. Meu pai era um homem sereno, l√ļcido e inteligente. Suas brincadeiras permaneceram durante toda sua exist√™ncia e no Residencial foi apelidado carinhosamente de gatinho.¬†O ambiente √© alegre e harm√īnico e a presen√ßa do Roberto e do Nicoletti me trouxeram tranquilidade. Fui sempre muito bem recebida e pude conviver com meu pai diariamente. A fragilidade na velhice clama por aten√ß√£o personalizada e genu√≠na!

lar para idosos em Porto Alegre

Teresa Kelbert, filha de nosso ex-hóspede, Prof. Dr. Isaac Kelbert (in memoriam)

teste
2018-11-23T12:15:38-03:00

Teresa Kelbert, filha de nosso ex-hóspede, Prof. Dr. Isaac Kelbert (in memoriam)

lar para idosos em Porto Alegre
Gentileza, amor e conforto foi o que me motivou na escolha para o lar do Isaac. Meu pai era um homem sereno, l√ļcido e inteligente. Suas brincadeiras permaneceram durante toda sua exist√™ncia e no Residencial foi apelidado carinhosamente de gatinho.¬†O ambiente √© alegre e harm√īnico e a presen√ßa do Roberto e do Nicoletti me trouxeram tranquilidade. Fui sempre muito bem recebida e pude conviver com meu pai diariamente. A fragilidade na velhice clama por aten√ß√£o personalizada e genu√≠na!

Julita Metzger, aos 96 anos

Morava sozinha, mas comecei a ficar ‚Äúesquecida‚ÄĚ, n√£o sabia se tinha almo√ßado, jantado... N√£o dormia mais na cama, s√≥ no sof√°. Nessa √©poca vinha uma acompanhante para dormir comigo. Foi quando minha filha disse que n√£o poderia mais ficar assim.¬†Quando ela me apresentou o Residencial, gostei muito do lugar. Logo me acostumei com a rotina e ‚Äúvoltei ao normal‚ÄĚ, n√£o fiquei mais esquecida ou perdida e voltei a dormir na cama! Retomei meus trabalhos manuais, tric√ī, croch√™ e bordado.¬†Gosto de morar aqui. Sinto-me em casa!

Cuidado especial idosos Porto Alegre

Julita Metzger, 96 anos

teste
2018-11-23T12:21:08-03:00

Julita Metzger, 96 anos

Cuidado especial idosos Porto Alegre
Morava sozinha, mas comecei a ficar ‚Äúesquecida‚ÄĚ, n√£o sabia se tinha almo√ßado, jantado... N√£o dormia mais na cama, s√≥ no sof√°. Nessa √©poca vinha uma acompanhante para dormir comigo. Foi quando minha filha disse que n√£o poderia mais ficar assim.¬†Quando ela me apresentou o Residencial, gostei muito do lugar. Logo me acostumei com a rotina e ‚Äúvoltei ao normal‚ÄĚ, n√£o fiquei mais esquecida ou perdida e voltei a dormir na cama! Retomei meus trabalhos manuais, tric√ī, croch√™ e bordado.¬†Gosto de morar aqui. Sinto-me em casa!

Lorenza Carmen Pata, aos 76 anos

Sou natural de Passo de Los Libres e morava em Itaqui. Quando cheguei ao Residencial encontrei um ambiente confortável, de fácil adaptação. A casa fica em um bairro muito agradável e tranquilo. A equipe de atendimento é muito legal.  Sinto-me acolhida, à vontade, como se estivesse em casa!

Enfermeiro particular Porto Alegre

Lorenza Carmen Pata, 76 anos

teste
2018-11-23T12:22:53-03:00

Lorenza Carmen Pata, 76 anos

Enfermeiro particular Porto Alegre
Sou natural de Passo de Los Libres e morava em Itaqui. Quando cheguei ao Residencial encontrei um ambiente confortável, de fácil adaptação. A casa fica em um bairro muito agradável e tranquilo. A equipe de atendimento é muito legal.  Sinto-me acolhida, à vontade, como se estivesse em casa!

Carla Tigre, filha do hóspede Moacir Bosquirolli (in memoriam)

Reconhecer e encaminhar o ente querido para uma nova moradia coletiva não é tarefa emocional fácil! O Residencial Monte Castello nos encantou pelo planejamento de ambientes e equipe capacitada e atenciosa. Meu pai estava sempre sereno e feliz. A presença constante do Roberto e do Nicoletti também é motivo de tranquilidade para nós. Recomendo a todos, pois receberão tratamento de qualidade, afetuoso e comprometido. 

casa de repouso rio grande do sul

Carla Tigre, filha do hóspede Moacir Bosquirolli (in memoriam)

teste
2018-11-23T12:22:25-03:00

Carla Tigre, filha do hóspede Moacir Bosquirolli (in memoriam)

casa de repouso rio grande do sul
Reconhecer e encaminhar o ente querido para uma nova moradia coletiva não é tarefa emocional fácil! O Residencial Monte Castello nos encantou pelo planejamento de ambientes e equipe capacitada e atenciosa. Meu pai estava sempre sereno e feliz. A presença constante do Roberto e do Nicoletti também é motivo de tranquilidade para nós. Recomendo a todos, pois receberão tratamento de qualidade, afetuoso e comprometido. 
WhatsApp chat